Os Millennials e a Internet no Brasil
13 de abril de 2015
52% das transações bancárias feitas no Brasil foram realizadas via internet ou mobile banking
16 de abril de 2015
Ver todos

Um novo estudo sobre os hábitos de mídia social dos adolescentes norte-americanos tem alguns resultados surpreendentes. Eles ainda estão no Facebook em massa, com Instagram e Snapchat logo atrás. Mas 33% relataram estar usando o Google+. Empatado com o Twitter.google-_plus_logo

A tentativa do Google de fazer de uma rede social não conseguiu muita atenção do público em geral, apesar de a rede ser bastante usada por quem acompanha tecnologia. Mas adolescentes? Isso parecia improvável. E de fato, os números do Google+ merecem um olhar mais atento.

Por um lado, uso não significa uso regular, 33% dos adolescentes no estudo relataram usar o Google+, mas apenas 5% disseram que é a rede social que eles mais utilizam.

E há outra explicação para mais de um terço dos jovens estarem no Google+: a rede social forçou a integração com o YouTube e outros serviços do Google.

0_61_teens_internetOs adolescentes provavelmente não estão pensando sobre a rede social do Google ao responder a pergunta sobre o uso do Google+ — mas eles provavelmente também não têm em mente os trabalhos escolares. Em uma medida que desagradou praticamente todo mundo, o Google obrigou uma integração entre o YouTube e o Google+ em 2013, tornando obrigatório ter uma conta Google+ para comentar e utilizar as funcionalidades do YouTube — antes, elas eram independentes da nave-mãe da empresa.

 

Fonte