A favor do Impeachment, mas não de Temer
5 de maio de 2016
Spotify anuncia produção de conteúdo em vídeo
13 de maio de 2016
Ver todos

Pesquisa publicada pela Forbes mostra que os usuários do Facebook ainda preferem os likes tradicionais

Há dois meses, o Facebook introduziu novos emojis de reações aos seus posts. A partir daí, além de curtir, compartilhar e comentar os conteúdos que você segue, você pode também demonstrar outras reações a esses conteúdos, como amar, rir, se surpreender, ficar triste ou com raiva. Como mostrado na imagem acima.

Analisando o envolvimento do público com esses novos emojis, a Quintly verificou cerca de 130.000 postagens e chegou à conclusão de que poucos usuários passaram a utilizar essas novas reações. A grande maioria dos envolvimentos continua sendo através dos likes, que representam 76,4% das reações. Os compartilhamentos vêm em seguida representando 14% e os comentários 7,2%. Sendo assim, os novos emojis ficam com apenas 2,4% das reações dos usuários no Facebook. Dentre os emojis, o mais popular é o Love, que representa 51% dos usos.

Acredita-se que as novas reações ainda são pouco usadas porque é mais complexo selecionar um emoji do que um simples like nas postagens. E muitas pessoas ainda não conhecem os emojis e não sabem como usar essa nova funcionalidade.

Também foi percebida uma pequena diferença entre os vídeos e os outros tipo de publicação estudados. Os vídeos possuem uma maior porcentagem de comentários e compartilhamentos e uma menor porcentagem de likes, de forma geral. Os novo emojis também possuem uma presença um pouco maior nos vídeos, mas ainda assim não alcançam um aumento significativo.

Fonte (em inglês): Forbes