Pesquisa Híbrida: Combinando Métodos Qualitativos e Quantitativos

Pesquisa de Mercado e a evolução das experiências do consumidor
25 de abril de 2018
Usando Big Data para aumentar sua marca
8 de junho de 2018
Ver todos

Pesquisa Híbrida: Combinando Métodos Qualitativos e Quantitativos 

Esse artigo foi traduzido e adaptado. O original pode ser encontrado aqui 

 

Há muito que a pesquisa evoluiu para além do método testado e comprovado de conduzir uma fase de pesquisa qualitativa exploratória seguida por uma fase quantitativa. Os métodos de pesquisa digital permitiram a expansão de meios novos e criativos de pesquisa de mercado. Com isso, a pesquisa híbrida (às vezes chamada de método misto, bricolage ou triangulação) não é nova. Mas alguns ainda se esquecem de aproveitar ao máximo o que esse método tem a oferecer. 

Como sabemos, muitos métodos de pesquisa são projetados para responder perguntas específicas. Isso é normalmente necessário para obter resultados específicos e acionáveis. No entanto, às vezes combinar métodos ou conduzir pesquisas iterativamente é uma opção melhor. E renunciar completamente à oportunidade pode significar perder uma abordagem fácil para insights abrangentes e colaborativos. 

O que é pesquisa híbrida? 

Você provavelmente pode adivinhar a definição por trás da pesquisa híbrida. Quando o termo surgiu pela primeira vez, a maioria dos especialistas de pesquisa definiu-o como uma combinação de métodos qualitativos e quantitativos. Agora é mais evoluído que isso. A pesquisa híbrida pode ser uma combinação de duas ou mais metodologias de pesquisa, independentemente de ser qualitativa ou quantitativa. Além disso, pode ser conduzido em série (iterativamente) ou em paralelo (ao mesmo tempo). 

A motivação para usar a pesquisa híbrida é estabelecer uma melhor compreensão dos resultados. Por exemplo, a pesquisa quantitativa pode definir “o quê” e a pesquisa qualitativa pode fornecer o “por quê”. Atualmente, a pesquisa híbrida pode se expandir além de combinações qualitativas e quantitativas, como métodos presenciais e digitais ou revisões de clientes e pesquisas quantitativas.  

Os benefícios da pesquisa híbrida incluem: 

 

O design da pesquisa 

Para começar a projetar um estudo de pesquisa híbrido, primeiro você precisa definir todos os objetivos relacionados à necessidade do negócio. Um caso de uso poderia começar com a necessidade de priorizar e desenvolver um conceito para o desenvolvimento de novos produtos. A partir daí você teria que avaliar os objetivos pelo método de pesquisa, como priorizar conceitos por meio de uma fase quantitativa e refiná-los ainda mais em uma fase qualitativa. Por fim, determine a ordem ou o tipo de execução da pesquisa. Em outras palavras, as duas fases devem ser executadas juntas ou uma antes da outra. Em seguida, identifique se você deseja refinar todos os conceitos antes de priorizar ou priorizar e refinar apenas o conceito vencedor. 

Antes de projetar e implementar totalmente um projeto de pesquisa híbrida, tenha em mente essas práticas recomendadas: 

  • Os objetivos devem começar em um alto nível antes de determinar quais respostas você deve obter de cada fase da pesquisa. 
  • Evite conduzir os dois métodos de pesquisa com diferentes fornecedores, pois as metodologias podem variar e impactar os resultados 
  • Mantenha os tipos de público-alvo consistentes para que os insights possam ser traduzidos em ambas as fases 

Lembre-se, a pesquisa híbrida não precisa ser realizada ao mesmo tempo ou imediatamente após uma fase anterior; às vezes, é apenas sobre a capacidade de aplicá-lo em uma abordagem iterativa. 

 


 

Tem alguma dúvida, comentário? Podemos te ajudar!  Entre em contato conosco através do e-mail contact@ecmetrics.com   

Leia também artigos sobre O renascimento da pesquisa qualitativa  e Como a Internet das coisas está mudando.

Para mais conteúdo, siga-nos nas redes sociais:

Twitter  Facebook  LinkedIn