Pesquisa de mercado, por que sua empresa deve fazer?
31 de maio de 2016
Influenciadores na web: 5 dicas!
10 de junho de 2016
Ver todos

Desconhecido por muitos, o Podcast pode se tornar uma ferramenta chave na estratégia de marketing digital das empresas.

Para aqueles que ainda estão se perguntando o que é isso, a forma mais simples de explicar o que é um Podcast é compará-lo com um programa de rádio. Uma equipe se reúne para falar sobre um determinado tema para um certo número de ouvintes. A maior diferença entre o Podcast e o rádio é o horário de escuta do programa, que é definido pelo ouvinte. Ou seja, são conteúdos em formato de áudio produzidos para determinado público que o consome em qualquer hora ou lugar que desejar.

Esse formato tem conquistado muitos adeptos por conta da nova era dos smartphones. Com eles, as pessoas podem ouvir os podcasts a qualquer hora do dia ou da noite. E a principal vantagem dessa mídia é que, sendo um conteúdo apenas de áudio, é possível que o ouvinte faça muitas outras coisas enquanto escuta o Podcast. Principalmente as atividades mais mecânicas do dia-a-dia, como fazer compras no mercado ou lavar a louça.

Então, como um formato de produção de conteúdo que vem crescendo muito, algumas marcas já começaram a se interessar pelo valor que o Podcast pode trazer para seus negócios. Pois essa mídia vem se mostrando um importante canal para o marketing online. Com ele, as empresas podem produzir o próprio conteúdo ou vincular sua marca a um conteúdo interessante que já esteja sendo produzido por outros podcasters. Então vamos desmembrar um pouco mais essas duas possibilidades para o marketing digital.

Criar seu próprio Podcast

Para fazer um Podcast voltado para marketing empresarial, é preciso pensar primeiramente em qual o público-alvo a ser atingido. Como em outras plataformas de geração de conteúdo, é importante que você direcione o formato e os assuntos tratados para interessar ao máximo o seu público-alvo.

Fazendo seu próprio Podcast

Uma dúvida constante dos iniciantes é qual é o tempo de duração que deve ter um Podcast. Esse tempo é bem relativo e costuma ser guiado pelo assunto principal ou pela abordagem que ele tem. Geralmente, um Podcast mais técnico e explicativo tem uma duração entre 20 e 30 minutos, por exemplo, e um Podcast de comédia possui maior duração, chegando até a mais de 1 hora. Isso porque entende-se que muito tempo de informações técnicas pode ser meio entediante para os ouvintes. Porém é bom lembrar que não existem regras absolutas para o sucesso do seu Podcast, principalmente com relação ao tempo. Tudo depende do conteúdo que você vai gerar e do que como vai ocorrer a interação com o ouvinte. O mais recomendável é que você faça testes com os tempos e formatos para analisar o que faz mais sucesso com seus ouvintes.

Para começar a fazer seu Podcast, você também vai precisar de alguns atributos técnicos básicos. O primeiro deles é um bom microfone. Como todo o programa é feito em áudio, é importante a preocupação com a qualidade do áudio. Existem muitos tipos e marcas de microfones no mercado, cada um com suas funcionalidades. O importante é que ele seja compatível com a sua necessidade para o Podcast.

Outro ponto técnico muito importante é o programa de gravação e edição de áudio que você vai utilizar. Pois a qualidade do Podcast vai depender muito dele. É muito comum ver produtores falando que não acreditavam que tal episódio fosse ficar bom até ouvirem a versão editada. Portanto, é muito importante não desprezar a edição. Uma boa dica é separar um repertório musical para acompanhar a abertura e as pausas dos programas e torná-los mais dinâmicos.

Outro ponto a se levar em consideração é o planejamento e a estruturação das pautas. Pois assim o programa pode ser mais fluído e não ser tão repetitivo com nos assuntos. Chamar convidados especialistas para os programas também é uma estratégia legal. Porque traz novidades para o Podcast e tem o potencial de aumentar a audiência. Nesse sentido, cabe também fazer parcerias com outras empresas que atuem com o mesmo público-alvo para a criação de episódios conjuntos, que serão divulgados nos canais das duas marcas.

Mas, se você ainda não tem interesse em ter um Podcast específico para sua marca, como pode aproveitar o crescimento dessa mídia?

Trabalhar com Podcasts que já existem

Atualmente já existem produtores de conteúdo em formato de Podcast sobre quase todos os assuntos, principalmente os relacionados à era digital. Então, para aproveitar o crescimento dessa nova mídia, as marcas podem fazer uma parceria ou contratar algum desses produtores de conteúdo (o que possui ouvintes dentro do target da empresa) para fazer testes, elogios ou avaliações dos produtos. Alguns acordos também contam com a criação de conteúdo específico para um programa especial direcionado à marca. Por exemplo, uma empresa de biscoitos contrata um Podcast de comédia conhecido pelo seu público alvo para falar sobre histórias engraçadas que cada integrante tem com os biscoitos da marca. Dessa forma, os ouvintes estarão desenvolvendo seu relacionamento com a marca e se divertindo com as histórias engraçadas sobre os biscoitos.

earphones-729412_960_720

Conteúdo em outros Podcasts

Um dos grandes benefícios desse tipo de investimento é que, como a mídia ainda é pouco conhecida, são poucas as marcas que procuram essas parcerias. Assim, os ouvintes do Podcast não estão saturados de marcas tentando promover suas ações, como ocorre em outras mídias. Dando mais liberdade e atenção aos conteúdos feitos para empresas. Assim, esse formato tende a apresentar um ROI muito interessante para as empresas interessadas em marketing online.

E agora esperamos que você já esteja preparado para inserir o Podcast no planejamento de marketing da empresa! Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto ou algum outro feedback, manda aqui para a gente!

Para mais conteúdos como esse, nos siga no Facebook e Twitter!