Novos emojis ainda são pouco usados no Facebook
10 de maio de 2016
YouTube Messenger
18 de maio de 2016
Ver todos

Gigante do mundo da música, o Spotify anuncia a produção de 12 séries originais para tentar emplacar seu conteúdo de vídeos.

O Spotify, hoje, é a plataforma líder de mercado em transmissão de música online. Com mais de 70 milhões de usuários e presença em quase todo o mundo, a gigante pretende atingir outros mercados além da música. Isso porque, na transmissão de música online, possui alguns concorrentes de peso, como a Apple Music e o YouTube. E a empresa também pretende aumentar sua importância na vida dos usuários.

Em 2015, eles divulgaram que tinham pretensões de expandir o alcance da sua plataforma para a transmissão de vídeos. A ideia, de forma geral, não agradou muito os usuários do serviço, porque os vídeos não se encaixaram nas formas de uso que eles faziam do Spotify. Pois a grande maioria deles ouve músicas no aplicativo exatamente quando não há possibilidade de olhar para a tela (no trânsito, no trabalho, etc.). Mas o Spotify continua acreditando que esse é um futuro interessante para plataforma. Por isso, decidiu que começaria a gerar conteúdo próprio para esses vídeos. Já foram anunciadas as produções de 12 séries originais, que serão feitas através de parcerias com atores e produtores renomados, como Tim Robbins e Russell Simmons. A empresa afirma que as primeiras produções terão suas raízes ligadas ao universo da música, da cultura pop e da animação.

A maior razão para a iniciativa de produzir as séries, é que o Spotify pretende se diferenciar dos demais concorrentes que usam apenas o conteúdo de vídeo de seus usuários, como YouTube e Facebook. Com essa proposta, seu posicionamento se aproxima das estratégias muito usadas hoje pelos serviços de streaming, que investem milhões de dólares em produções originais, para que o usuário tenha que se manter na plataforma para ter acesso ao conteúdo produzido.

Esse tipo de iniciativa tende a provar mais uma vez a importância que os vídeos vêm ganhando na geração e compartilhamento de conteúdo hoje. Visto o investimento que as grandes empresas têm feito nesse tipo de mídia. É importante que outras empresas (não ligadas diretamente à produção de conteúdo) também estejam interessadas nessa mídia como forma de entrar em contato com seus clientes. Já que esse se mostra o interesse que mais cresce entre os internautas.